Luiza Camargo.

A WSO2, multinacional americana de soluções de middleware open source, teve um bom primeiro ano no Brasil, aumentando em oito vezes seu faturamento na América Latina.

Ao todo, são 26 clientes. A companhia abriu escritório em São Paulo em 2014, contratando Edgar Silva, responsável pela operação da MuleSoft no país.

Silva teve também passagens pelas áreas de middleware da Oracle e Red Hat no país.

Em maio do ano passado, a empresa contratou Luiza Camargo, outra ex-Mulesoft, para assumir o mercado brasileiro, enquanto Silva foca na América Latina. Luiza tem passagens pela Microsoft e Dell.

“Existia uma demanda muito reprimida, este segundo ano de operação, deveremos ter um baseline mais realista de crescimento, mas nossa idéia é crescer três digitos ano sobre ano”, explica Luiza.

Um dos projetos destaque no ano passado foi com a Fiesc. Também foram fechados negócios com MV Sistemas, Honda América Latina, Cable Vision Argentina e Banco da Republica Dominicana.