As vendas de smartphones devem crescer 7% em 2016. Foto: Maxx-Studio/Shutterstock.

Uma pesquisa do Gartner aponta que o mercado global de smartphones terá crescimento de apenas 1 dígito em 2016. Essa é a primeira vez que a organização aponta uma perspectiva menor que 10% para o aumento nas vendas dos aparelhos.

Segundo a consultoria, as vendas de smartphones devem crescer 7% em 2016, para 1,5 bilhão de unidades.

"A era de crescimento de dois dígitos para o mercado mundial de smartphones chegou ao fim", afirma Ranjit Atwal, diretor de pesquisa do Gartner.

Em 2015, as vendas de smartphones chegaram a 1,4 bilhão de unidades, um aumento de 14,4% na comparação com 2014.

No ano passado, a Samsung manteve a posição de marca com maior market share (22,5%), mas a sua quota de mercado diminuiu em 2,2 pontos percentuais. Em 2015, a Apple vendeu 225,9 milhões de iPhones, chegando a uma quota de quase 16% do mercado. 

O top 5 das fabricantes com maior market share em 2015 segue com Huawei (7,3%), Lenovo (5,1) e Xiaomi (4,6%).

No Brasil, após cinco anos de altas consecutivas, o mercado de smartphones encerou 2015 em baixa na comparação com 2014. Segundo o estudo da IDC Brasil foram vendidos pouco mais de 47 milhões de aparelhos no ano passado, queda de 13,4% na comparação com 2014.

Para 2016, a IDC prevê uma retração de cerca de 13% do mercado de smartphones do país, com a venda aproximada de 41 milhões de aparelhos.