Em momentos de crise econômica, a insegurança dificulta as decisões e o planejamento, mas como ficam os investimentos é a pergunta que fica no ar.

Os gestores precisam pesar custo- benefício de cada decisão, porque ficar paralisado não vai ajudar a empresa nem reduzir o impasse.

Crises sempre existiram e foram superadas, afinal a vida continua.

Quem impera é a velha "Lei de Mercado", cada ação gera reação, uma mudança provoca outra até que nova estabilidade prevaleça. 

Assim que o momento for superado algumas empresas se beneficiarão, e será a oportunidade a quem se preparou.

A mensagem,portanto é: prepare-se, mudanças são oportunas, porque  as falhas ficam mais evidentes, e há mais espaço para melhorias.

Com a crescente globalização, a competitividade tem crescido exponencialmente.

Assim, com o mercado puxando o fôlego para voltar a crescer devemos aproveitar e fazer o mesmo, nos tornando mais competitivos. Um bom exemplo de ganho de produtividade é a otimização da gestão da empresa.

Automatizar os processos de vendas, análise de rentabilidade, faturamento, financeiro e fechamentos contábeis e gerenciais, sem falar dos SPED e demais complicações fiscais, gera ganho competitividade, que muitos ainda não exploram adequadamente.

Embora entendam a importância de processos de gestão fluindo tranquilamente, poucos têm investido para facilitar a vida das equipes.

É mais fácil calcular ganhos gerados na compra de equipamentos ou melhoria da estrutura da empresa, do que medir tempo e dinheiro perdidos com o stress da equipe correndo para solucionar problemas, atender prazos do fisco, atividades não produtivas, num tempo que poderia ser investido na melhoria de processos, atendendo melhor os clientes, fazendo compras e planejando o futuro da empresa.

Implementar um software de gestão completa e acessível, para a empresa é certeza de ganhos crescentes de produtividade com investimentos compatíveis com seu negócio.

O segredo na escolha do software adequado de ERP para a gestão empresarial está na solução que atenda o presente e o futuro da empresa e simplifique todo o processo e não apenas vendas ou produção.

É a solução completa e não complexa que vai fazer a diferença na competitividade.

Evitar uma solução rígida é o certo, senão vai ser caro, estressante e com o tempo deixará de funcionar.

A escolha do melhor ERP está  no software que tenha a solução completa e milhares de clientes utilizando a mesma versão. Isso garante que os recursos necessários na maioria da empresas já foram otimizados, que os bugsforam resolvidos, e já atende a legislação nacional.

Bem mais fácil de usar.

Muitas empresas de software têm versões diferentes em cada cliente, e parte da sua versão também vai ter que ser construída, vai demorar mais, com novos erros e vai ser mais cara.

Em suma, vai gerar mais stress.

Fuja disso!

A hora é de pensar no sucesso e aproveitar a oportunidade que se apresenta.

* Robinson Klein é diretor de mercado da Rede Cigam de ERP